Superstições – Presságios de morte III

037No Porto e em Lisboa acreditava-se que quando se partia um espelho era sinal que uma pessoa da família estava para morrer.

Na Maia e em Lisboa acreditava-se que se se colocasse uma cama com os pés voltados para a porta quem se deitava nela morria cedo.

No Porto dizia-se que quando um mocho ou uma coruja piavam sobre uma casa era sinal de morte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: