Supestições – Para os cães não fugirem de casa

113

 

 

Em Óbidos dizia-se que, para os cães se apegarem à casa, devia untar-se-lhes as patas com sebo. Outra versão diz que é o focinho que se deve untar com sebo.

Noutras regiões dizia-se que, para os cães não fugirem de casa, devia pôr-se um pão molhado em azeite na ombreira da porta.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: