Superstições – As bruxas VI

105

 

 

 

Em Baião dizia-se que quando numa casa havia uma criança a quem as bruxas queriam chupar o sangue, punham-se nos telhados a berrar como os gatos.

Em Tolosa pintava-se uma cruz, com cal, no lado de dentro das portas e das janelas, para evitar que as bruxas entrassem em casa. Além disso, colocava-se arruda nos buracos das fechaduras das portas, por onde as bruxas entravam na forma de moscas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: