Arquivo de Dezembro, 2012

Superstições – Dia de Ano Novo

Posted in mitologia on 2012/12/31 by terrasencantadas

91

 

 

 

Em Braga e Famalicão dizia-se que o que fizéssemos no dia de Ano Novo repetiríamos ao longo do ano. Por isso, nesse dia, não se deviam tomar atitudes que implicassem a perca de bens, como vender fiado ou dar dinheiro, porque passar-se-ia todo o ano a fazê-lo.

Superstições – Para afastar os bruxedos

Posted in mitologia on 2012/12/29 by terrasencantadas

66

 

 

 

Em Mangualde dizia-se que para não se ser atacado pelas bruxas devia vestir-se uma peça de roupa do avesso.

Em Guimarães acreditava-se que, para afastar os bruxedos e os maus-olhados, devia calçar-se uma meia azul no pé esquerdo e uma branca no direito.

Superstições – Para afastar uma bruxa

Posted in mitologia on 2012/12/27 by terrasencantadas

58

 

 

 

 

 

No Alto Minho, para afastar uma bruxa mostrava-se-lhe a fralda da camisa de um homem. E, para livrar os bois dos bruxedos, esfregava-se em cruz o dorso dos animais com a fralda da camisa.

Feliz Natal

Posted in património on 2012/12/25 by terrasencantadas

Superstições – A roupa do embruxado

Posted in mitologia on 2012/12/23 by terrasencantadas

Em Nelas acreditava-se que quem achasse que estava embruxado devia despir uma peça de vestuário e colocá-la dentro de água até ferver. Depois, enquanto a água fervia, ia picando a roupa com um garfo e a bruxa passaria à sua porta.

Superstições – Para afastar as bruxas

Posted in mitologia on 2012/12/21 by terrasencantadas

119

 

 

 

Para afastar as bruxas misturam-se cinco bocados de corno, cinco bocados de baeta vermelha, cinco olhos de alecrim, cinco pedras de sal e queimam-se à porta de casa.

Superstições – As encruzilhadas

Posted in mitologia on 2012/12/19 by terrasencantadas

A109s bruxas juntam-se à meia-noite, nas encruzilhadas, para combinarem o mal que hão-de fazer às pessoas. Dão quatro cambalhotas para se transformarem em animais.