O Aqueduto de Munt Siyun

Quando chegaram à vertente oriental, Sara e os jovens pararam, deslumbrados, ao verem uma gigantesca construção que se estendia desde a fortaleza até se perder de vista no horizonte.

– É um aqueduto que trazia água para Hisn al-Hafa e Munt Siyun – disse Gamir. – Foi construído pelos dois povos há muitos anos. Agora já não é utilizado porque foi destruído, em vários troços, pelos Encobertos e está em ruínas.

O aqueduto apoiava-se em monumentais colunas constituídas por enormes blocos de granito sobrepostos e passava por cima da muralha terminando, no seu interior, numa torre por onde a água descia até um reservatório. A conduta atravessava toda a campina até a vista deixar de a alcançar, marcando o chão com a sua sombra gigantesca. No topo viam-se alguns ninhos de cegonha e tufos de erva que cresciam entre as pedras.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: