A porta de Hisn al-Hafa

Amenhamet atirou o seu ombro contra a porta que ele próprio construíra com o objectivo de resistir aos mais violentos assaltos e conseguiu o que um aríete manobrado por vinte asinomens seria incapaz. A sua força já de si colossal, agora ampliada pela dor, a raiva e o desespero, despedaçou a porta do castelo de Hisn al-Hafa e o mouro, sem esperar que os seus guerreiros chegassem perto de si, lançou-se sobre os servos dos Senhores do Mal, impelido por um ódio capaz de destruir as Terras Encantadas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: