Superstições – A Doença da Lua

A Doença da Lua, enfermidade relacionada com o mau-olhado e o quebranto, revela-se através da falta de apetite, febre, diarreia e urina branca como o leite. Ataca as crianças, sobretudo as que ainda não completaram um ano, embora os adultos também possam ser afectados.

Na Lua vê-se uma cara e esta maleita é causada pelo olho da Lua, pelo luar, da mesma forma que o mau-olhado é provocado pelos olhos das pessoas. Algumas fases lunares são mais nocivas que outras. Em certas regiões do país acredita-se que a pior é o quarto crescente, noutras a lua nova. Mas a mais perniciosa de todas é a lua que nasce em Março.

As mães têm o cuidado de evitar que o luar bata na cara dos filhos, enquanto dormem. Também para prevenir a Doença da Lua, põe-se ao pescoço das crianças um saquinho com cinco lascas de chifre de carneiro preto, cinco bichos-de-conta, cinco folhas tortas de aroeira e cinco bagos de trigo. Ou coloca-se sobre a barriga uma folha de couve morna, molhada em azeite, retirando-a apenas depois de enxugar.

Se, apesar de todas as precauções, uma pessoa apanhar a Doença da Lua, juntam-se cinco ramos de alecrim, cinco pedras de sal e cinco lascas de chifre, deitam-se sobre as brasas e defuma-se o doente, recitando:

“Lua que por aqui passaste,

a saúde do meu menino levaste,

se por aqui tornares a passar,

a doença levarás

e a saúde trarás.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: