O Castelo de Avô

No alto do monte que se erguia no outro lado do rio, o pequeno castelo exibia as suas muralhas feitas de pedras escuras e encharcadas pela chuva. A torre de menagem escondia-se na névoa que deslizava sobre os pontos mais altos. Nem no castelo nem no povoado se via alguém.

inAS SETE BRUXAS

A acção narrada neste conto decorre em Avô, vila situada na margem do rio Alva. Segundo a lenda, este território foi conquistado aos mouros por Egas Moniz e oferecido ao seu neto Pedro Afonso, que viria a casar com D. Urraca, filha de D. Afonso Henriques. Diz ainda a lenda que o casamento se celebrou na igreja matriz de Avô, construída para esse efeito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: