Uma longa viagem

“- Senhores, há vários dias que eu e o meu pai caminhamos, evitando as estradas onde vagueiam salteadores e nem mesmo assim deixámos de ser assaltados por um desses bandos, que nos roubou tudo o que nos restava. Se, como pensamos, também viajam para sul, concedei-nos a vossa companhia. “

O pai idoso e a jovem filha que são forçados a fazer uma longa viajam, quase sempre enfrentando circunstâncias adversas e fugindo a um perigo que raramente é explicado, constitui um dos elementos mais frequentes nas lendas portuguesas. Em “O Monte Sagrado” é usado como um estratagema para atraiçoar os personagens principais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: