Arquivo de Outubro, 2011

Superstições – Andar para trás

Posted in mitologia on 2011/10/30 by terrasencantadas

Andar para trás é andar para o Inferno, ou acompanhar o diabo, ou ainda ensinar o caminho ao Diabo.

Anúncios

Personagens de Os Mouros das Terras Encantadas – al-Zubayr

Posted in ficções on 2011/10/28 by terrasencantadas

Alcaide de Hisn al-Hafa. É descendente de Amenhamet e pai de Walid e de Wazir.

Personagens de Os Mouros das Terras Encantadas – Monges da Ordem Negra

Posted in ficções on 2011/10/26 by terrasencantadas

Ordem de monges guerreiros que, tendo tomado conhecimento da existência das Terras Encantadas, se deslocou para lá com o objectivo de continuar as cruzadas de que se ocupava nas Terras Esquecidas. Há cerca de 600 anos a Ordem deu início a um dos episódios mais dramáticos da história das Terras Encantadas, que ficou conhecido por Guerra da Ordem Negra. Aproveitando a fragilidade dos territórios do norte e as rivalidades que existiam na altura entre os inúmeros pequenos emirados em que os territórios do sul se dividiam, avançaram pelos territórios dos mouros e mouras encantadas destruindo castelos e palácios, queimando colheitas, matando quem cruzasse o seu caminho. O seu objectivo não era conquistar terras ou riquezas, mas unicamente exterminar os mouros. A guerra durou cerca de nove anos e custou a vida a quase metade dos mouros das Terras Encantadas.

Superstições – Para fazer sair uma visita

Posted in mitologia on 2011/10/24 by terrasencantadas

Para fazer sair uma visita indesejada deve colocar-se atrás da porta uma cadeira ou um banco de pernas para o ar, ou ainda uma vassoura com o cabo voltado para o chão.

Personagens de Os Mouros das Terras Encantadas – Gamir Ibn Homatri

Posted in ficções on 2011/10/22 by terrasencantadas

O seu pai era o alcaide de um castelo situado num planalto fronteiro ao território dos Encobertos. Um dia, ao regressar a casa depois de uma viagem ao Norte, Gamir deparou-se com o desaparecimento do castelo e de toda a população. Desde então percorre incessantemente as Terras Encantadas em busca de pistas que o ajudem a descobrir o que aconteceu ao seu povo e à sua família. Em O Elmo de Cristal descobre, na posse do Homem da Foice, um colar que pertenceu a uma das suas irmãs, passando a perseguir a perigosa criatura na esperança de mais indícios da sua família.

O cinto da moura encantada

Posted in ficções, mitologia on 2011/10/20 by terrasencantadas

“Assim que acharam que estavam suficientemente afastados, Rita escolheu uma árvore cujo tronco tivesse a largura apropriada e André colocou o cinto em volta dele. A fivela tinha um fecho estranho ainda que simples de encaixar. Mal a fecharam, o cinto começou a rodar a uma velocidade alucinante, em volta do tronco, serrando-o totalmente em poucos segundos, e a árvore tombou ruidosamente na água do rio.”

Nas lendas de mouras encantadas, por vezes estas oferecem cintos ou colares com propriedades semelhantes ao do cinto referido neste excerto de “O Monte Sagrado“. Fazem-no, normalmente, como retaliação por o humano a quem os oferecem não ter querido ou conseguido desencantá-las.

Superstições – Para encontrar alguma coisa que se perdeu

Posted in mitologia on 2011/10/18 by terrasencantadas

Para encontrar alguma coisa que se perdeu deve atar-se um lenço ou uma fita à perna de uma mesa ou de uma cadeira. Ao fazê-lo está a atar-se o rabo ou os testículos do Diabo.