Os diferentes tipos de mouras encantadas

 

 

Entre os primeiros autores que procuraram sistematizar as lendas de mouras encantadas, destaco a classificação de Consiglieri Pedroso:

1º divindades ou génios femininos das águas (fontes, rios, ribeiros, poços, etc.)

2º guardadoras de tesouros encantados

3º fiandeiras e construtoras de monumentos

4º génios maléficos que perseguem o homem, ocasionando-lhes diversas doenças.

No entanto, em Os Mouros das Terras Encantadas, optei por distinguir os diferentes tipos de mouras  sob um ponto de vista mais favorável as necessidades da ficção. Um excerto de O Elmo de Cristal ilustra essa escolha:

“- Cada pessoa que foi encantada recebeu um dom, uma capacidade ou talento especial, que transmitiu aos seus descendentes – explicou o mouro. Uns, como a Senhora das Águas e o seu povo, tornaram-se possuidores de uma magia muito forte, outros receberam a capacidade de se transformar em animais, como Cassima e os seus seguidores, outros tornaram-se artífices exímios, como Obeidalá, que herdou essa capacidade dos seus pais. Ele tem força e habilidade suficientes para sozinho construir um palácio em poucos dias. Outros ainda, receberam o talento de tecelões capazes de fazer tecidos belos e resistentes (…)”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: