No Museu 2

Esperei muito tempo até ter oportunidade de visitar a Citiânia de Briteiros. Quando isso acontece as expectativas aumentam e, por vezes, acabam frustradas. Não foi isso que me sucedeu ao passear pelas ruas deste importante povoado da antiga Galécia, mas alguns pormenores foram, sem dúvida, desconcertantes. Recordo-me dos comentários de alguns visitantes, a quem nenhuma informação era fornecida sobre o que estavam a ver e recordo-me da casa do guarda que controlava as entradas no recinto da Citânia. Aquela “recepção”, onde se podiam comprar livros e postais sobre o povoado, mais parecia uma tasca onde os homens ficavam a beber umas cervejas e a ouvir música ligeira debitada em generosos decibéis por um rádio roufenho, enquanto as mulheres percorriam o povoado, vendo como eram “as casas dos antigos”, nas opiniões mais favoráveis, ou os “currais dos borregos”, nas menos impressionadas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: