Eclipse

Alertado para a invulgar tonalidade que a luz do dia ganhara, o velho acabou por deixar a manada percorrer o caminho que insistia em seguir e olhou para o céu. O Sol tinha perdido a força e o seu brilho apagava-se, ao mesmo tempo que uma mancha redonda e escura se aproximava ameaçando encobri-lo.

Em pouco tempo escureceu até a manhã se tornar noite. Anio devolveu o cajado ao velho, que estava ao seu lado e se mostrava tão assustado quanto o jovem.

– O que está a acontecer, Tongio? – insistiu.

– O Sol apagou-se. Diz-se que os reis antigos conseguiam dominar os astros e reacender o Sol quando ele se apagava, mas agora não resta ninguém com esse conhecimento. [inO Veneno de Ofiúsa”]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: